FANDOM


"Um grupo de pesquisa multinacional que estuda o genoma humano na busca de mutações positivas e consequentes" - Descrição do website em Seremos Julgados Pela Coragem dos Nossos Corações

A Organização de Preservação Biológica (OPB) é um bem financiado, multi-nacional, grupo de pesquisa multi-governamental. A OPB estuda mutações genéticas em seres humanos e realiza projetos como pesquisas de DNA para caçar potenciais sensates, que, quando capturados, são persuadidos a juntar-se à sua causa, sendo lobotomizados ou mortos.[1]

A OPB foi fundada em 1952 pela Doutora Ruth Al-Saadawi, com o objetivo de proteger os Homo sensorium, já que os sensates eram conhecidos pela comunidade científica. Representantes da Aliança Atlântica, do Pacto de Varsóvia, da Liga Árabe e da China reuniram-se na base aérea britânica em Chipre para debater a existência dos sensates e, após semanas de debates intensos, todas as partes acordaram em estender os direitos humanos e a proteção à recém-descoberta. A OPB seria encarregada de proteger e estudar os sensates e seus efeitos sobre a evolução humana. Todas as partes também concordaram em manter o sigilo em torno desta nova raça para evitar uma reação maciça do resto dos Homo sapiens.

O objetivo original da OPB permaneceu o mesmo durante o próximo meio século, até os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Quando a Guerra ao Terror foi declarada e o medo entre homo sapiens levou a uma forte ênfase no sigilo e soberania, os sensates eram vistos como uma ameaça e também como uma posse. A função da OPB mudou, pois suas prioridades passaram de proteger os sensates para rastreá-los e capturá-los como ameaças. Vários sensates compraram sua segurança da OPB em troca do rastreamento de outros clusters, mas a maioria tentou permanecer escondida da organização. Embora grande parte da OPB tenha aderido a missão original que tinha começado em Chipre, uma facção forte dentro da organização estava lutando para acabar com essas novas práticas e retornar à visão da Dra. Al-Saadawi para uma existência harmoniosa entre homo sapiens e homo sensoriums.

Descrição

A OPB tem extensas conexões dentro do governo federal. Quando a OPB está perseguindo Jonas, o FBI emite um alerta para rastreá-lo. Uma vez que Jonas é preso pelo Departamento de Polícia de Chicago, ele é preso sem um julgamento, e é mantido preso em uma instalação da OPB.[2] Além disso, um dos empregados da OPB, Dr. Metzger, também é visto em uma fotografia apertando as mãos do ex-vice-presidente Dick Cheney.[3]

Propósito

A OPB caça sensates em nome dos principais governos e potências mundiais, acreditando que as habilidades do sensate são uma ameaça à sua privacidade e segurança.

Membros

  • Sussurros é um sensate com uma forte posição de liderança dentro da OPB. Seu papel é caçar e capturar outros sensates.
  • Dr. Metzger foi um cirurgião empregado pela OPB. Era pago a ele uma grande quantia em dinheiro para viajar ao redor do mundo realizando lobotomias em sensates capturados.

Referências

  1. http://blogs.wsj.com/speakeasy/2015/06/05/sense8-netflix/
  2. Eu Também Sou Nós
  3. O Poder da Literatura